Tecnologia

Quais as diferenças entre Vendas Online e as vendas tradicionais?

ecommerce_BTOB

Esta é certamente uma questão que já se colocou algumas vezes, e a resposta certa é, no meu entender é NENHUMA .

O que realmente muda são as ferramentas usadas.

Muita gente escolhe ou pensa que vender na internet é um atalho para que não tenha tanto trabalho e chegar aos mesmos resultados que numa venda tradicional, mas isso é um erro! O cliente continua a ser uma pessoa e não uma máquina. No final do dia o que faz a diferença entre si e o seu concorrente é todo o processo que você usa para criar uma conexão com o seu cliente.

No final de alguns anos de experiência no ramo das vendas, a minha bagagem permite-me dizer que o cliente só compra porque tem confiança, se não tem confiança, o máximo que pode fazer é experimentar comprar, todos nos já passamos por isso ”Logo se vê” esse não é o tipo de loja que você quer ter!

Todo o empresário que tem algo a oferecer ao mercado tem sempre orgulho no que está a propor ou pelo menos devia, caso contrário não terá sucesso com aquele produto, na gíria chamamos paixão pelo que fazemos, e acreditem ou não, essa paixão aumenta quando sabemos que o produto que temos faz diferença na vida das pessoas (independentemente do produto). Para mim esse é o primeiro passo para uma vida comercial realizada.

Então como aumentar as minhas vendas online usando as técnicas das vendas tradicionais?

Se é novo no assunto ou seja se está a pensar criar uma loja online e nunca teve experiência nas vendas, o que aconselho é dedique algum tempo a estudar técnicas de vendas. Quer seja por milhares de cursos na internet, quer seja por livros, tudo lhe vai enriquecer a sua preparação para o seu projecto, eu nunca largo alguns livros dessa área, não sou muito de ler livros que não sejam de motivação ou de técnicas de vendas, e um que tenho sempre comigo é muito conhecido “Técnicas de vendas para ToTós”, é incrível o que isso o pode ajudar.

Se eu tivesse que resumir, diria que sempre que aborda um cliente terá de alcançar 5 passos para que ele possa comprar de si:

1º Apresentação

2º Diagnóstico

3º Apresentação do produto

4º Primeiro Fecho

5º Segundo Fecho

Cada um destes temas dão matéria para um artigo ou até para livros, ao longo das semanas vou escrever algumas das técnicas que uso em cada um destes passos.

Eu acredito que se aplicar os mesmos passos no processo de venda da sua loja online que vai conseguir vender, e com o aperfeiçoamento diário vai conseguir chegar ao tão desejado Lucro.

Asterisk o que é e porque pode poupar muito dinheiro

asterisk-logo-BTOB

As telecomunicações fazem cada vez mais parte da nossa vida e da vida das empresas enquanto o mundo se interliga a passos cada vez mais acelerados, seja porque o negócio assenta nessa vertente (ecommerce, etc) ou porque, agora, em contexto de pandemia é necessário deslocalizar para casa funcionários assegurando que mantem as ferramentas de trabalho habituais e, em muitos casos senão quase todos, as empresas vêem-se na necessidade de adaptar ferramentas do dia a dia, como o telefone a este novo cenário do teletrabalho.

As centrais telefónicas tradicionais como as conhecemos deixaram de conseguir responder ao desafio que se coloca às empresas hoje, o simples deslocalizar o posto de trabalho de um funcionário para casa implica adaptar o posto de trabalho à nova realidade, o que para muitos empresários gerou uma dor de cabeça adicional.

«Como rapidamente me adapto/adapto a minha empresa a esta nossa situação?»,

 esta é a pergunta na cabeça de muitos empresários, para piorar a tomada de decisão, ou pelo menos torná-la mais complexa, o mercado das telecomunicações “explodiu” em soluções de voz no formato “Cloud” para todas as carteiras, com diversas “formas e feitios”. As novas soluções “Cloud” permitem que operadores não-nacionais que anteriormente estavam limitados na oferta de serviços a clientes nacionais até por alguma desconfiança da qualidade do serviço, agora, com a apetência das próprias empresas por este tipo de soluções que anteriormente encontravam resistência por parte dos clientes com receios sobre segurança, protecção de dados, apoio ao cliente e mesmo fraude, o mercado abre-se por vontade própria devido à necessidade dos tempos que correm.




O velho ditado, «galinhas apressadas têm pintos carecas» aplica-se no presente cenário, tome algum tempo para consultar o mercado, procure, porque existem diversos operadores dedicados à área empresarial das tecnologias de VoIP (Voz sobre IP) com distintas soluções, preços e duração de contrato (fidelização) que poderão ser mais interessantes para o seu negócio.

Entretanto, faça algumas perguntas:

«Que necessidades tenho realmente na minha empresa, a nível de telecomunicações? Não estará na altura de fazer mudanças incluindo reduzir custos com os contratos atuais dimensionando corretamente as soluções para as necessidades?»

 

«Devido ao tipo de negócio que desenvolvo, beneficiaria controlar/ter uma solução de telecomunicações desenhada à minha medida?»

 

«O modelo de negócio da minha empresa mudou com a pandemia. Quero preparar-me para manter este modelo de futuro ou vou voltar ao modelo tradicional com o staff da empresa no escritório?»




Muitas empresas já decidiram adotar de forma permanente este “novo modelo” abandonando a estratégia tradicional do escritório físico, ou pelo menos, deslocalizaram muitos dos seus funcionários permanentemente para casa.

Se esta é a estratégia da sua empresa tenha em conta que, a nível de telecomunicações e informático, a segurança, resiliência e custo desta alternativa poderá ditar o sucesso da sua opção.




Se sempre foi desconfiado sobre a questão do software “Open Source”, ou se simplesmente não sabe o que é, pesquise, saiba que hoje em dia é usado todos os dias pelas maiores organizações mundo fora com excelentes resultados e que em alguns casos, estes “softwares” se tornaram, pelas suas funcionalidades, qualidade e versatilidade referências nas diversas categorias.

O Asterisk ou o OpenVPN são dois softwares, em áreas distintas que se tornaram tão populares que hoje podemos encontrar o Asterisk embutido em produtos comerciais, como centrais telefónicas de vários fabricantes como a Siemens e o OpenVPN (https://openvpn.net) dentro de todo o tipo de “routers” de internet, das mais diversas marcas como forma de estabelecer ligações seguras VPN para interligar escritórios a filiais ou parceiros de negócios que partilham infra-estrutura informática.

No seu caso, estes são dois softwares que provavelmente irá necessitar para ligar os seus colaboradores em casa ao seu sistema informático na sede de forma segura e privada, ao seu software de gestão, impressoras, etc bem como usar estes túneis para ligar extensões telefónicas remotas usando uma instância/instalação de Asterisk (https://www.asterisk.org).

Se ao ler este conteúdo ficou interessado neste tipo de soluções, pesquisou, mas são soluções muito “técnicas” e difíceis para implementar, pois bem, no BtoB.pt encontra à sua disposição um leque de profissionais de telecomunicações dispostos a ajudá-lo com o seu projeto e levar a sua empresa a bom porto.

Entretanto, esperamos tê-lo ajudado, o nosso obrigado por participar no BtoB.pt